Hepatite B

Hepatite B

A transmissão da doença pode ocorrer por sangue, fluidos corporais e de mãe para filho no nascimento. O vírus atinge concentrações muito altas nesses ambientes. 

Outro ambiente favorável a contaminação, porém pouco citado são os salões de beleza que não realizam a devida higienização e esterelização dos materiais utilizados, atingindo tanto os clientes como os profissionais. Pequenas lesões nos dedos podem ser a via de contaminação para a doença.

Ocorre também por meio da utilização de seringas contaminadas por sangue em usuários de drogas e profissionais de saúde e também transfusão de sangue, embora, neste último caso o risco seja cada vez menor devido aos cuidados tomados com a avaliação do sangue do doador.

Os sintomas podem variar de indivíduo para indivíduo, geralmente surgem entre 2 e 4 meses após a contaminação. Os sintomas mais comuns são: náuseas, vômito, urina de coloração escura, perda de apetite, dor nas articulações, febre e icterícia (amarelamento da pele e olhos), essa fase é chamada de hepatite aguda. Em alguns casos a doença evolui para a fase crônica que pode passar despercebida durante anos, causar destruição progressiva do fígado e desenvolver problemas graves, como a cirrose hepática e câncer.

 

Hepatite B Infantil - Verificar disponibilidade

Esquema vacinal com aplicação em 0, 4 e 6 meses.

 

Hepatite B Adulto

Esquema vacinal com aplicação em 0, 1 e 6 meses.